Animação e dança

Hoje vou fazer um post diferente, trazendo dois exemplos sensacionais que renovam técnicas distintas e tradicionais de animação.

 
Frictions é o trabalho de conclusão de Steven Briand, utiliza stop motion para criar estes fluxos, que passam pelo corpo e pelo ambiente.

 
 
Thought of you foi concebido por Ryan J Woodward, que junto com Cambell Christensen realizou audições com bailarinos para filmarem referências para os movimentos dos dançarinos do curta. Poderíamos dizer que é um curta em rotoscopia, técnica que desenha frame a frame “por cima de um filme”, porém Thought of You vai muito além disso, acrescentando efeitos e sutilezas que tornam a animação uma referência.


Embora completamente diferentes um do outro, acredito que tenham uma semelhança, curiosamente algo que tenho pensado muito a respeito. As duas tratam o movimento como um prolongamento do corpo, mas em muitos momentos esta multiplicação se volta contra ele, reagindo inesperadamente. As animações tratam de relações, não sei se minha mente anda viciada em meu projeto, e das formas de se relacionar deste corpo que amplifica esta força, que pode ser uma paixão, uma ilusão, ou talvez uma força como a gravidade. Enfim, o corpo e nossas mentes amplificam o poder destas forças, fantasiando com elas, a ponto de terem vida própria, se tornam fluxos de energia. E o desafio é brincar com elas, sua própria criação.

2 respostas em “Animação e dança

  1. Pingback: I’m a Chain Reaction | CTRL+

  2. Pingback: I’m a Chain Reaction | Barbara Castro | design & arte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s